A maior loja virtual de iluminação, do clássico ao moderno, mais de 2000 modelos de luminárias.

                                    

Currently Shopping by:

  1. Remover este item Material: Cristal
  • Categoriaarrow
  • Estiloarrow
  • Número de Lâmpadasarrow
  • Tipo de Lâmpadaarrow
  • Fabricantearrow
  • Tamanhoarrow
  • Lustre e Pendente

    Lustre e pendente são peças que podem fazer toda a diferença na decoração. Mas como escolher a peça que melhor atende à sua necessidade?

    É muito importante tomar cuidado com o tamanho da peça. Lustres grandes e volumosos são maravilhosos, mas podem ficar excessivos em ambientes que não são tão extensos assim. O mesmo cuidado vale para a situação inversa: ambientes enormes com lustres muito pequeninos podem ficar desequilibrados. O ideal é encontrar a harmonia.

    Lustre e pendente: escolha os que mais combinam com o seu ambiente

    Depois, escolha o que você deseja com o seu lustre ou pendente: quer que seja uma peça majoritariamente decorativa, principalmente item de iluminação, ou uma mistura dos dois? Você deseja algo mais clean, mais extravagante, mais vintage, mais moderno? Quais materiais você gosta mais e acha que combinam com o seu ambiente?

    Outro aspecto importante é definir se você precisa de uma iluminação geral ou de algo mais focado. Esse ponto é essencial para decidir entre lustre e pendente ou até mesmo por uma combinação entre os dois.

    Seja qual for a sua escolha, a e-Lustre conta com os melhores modelos em lustres ou pendentes que são a cara do seu ambiente!

    História de decoração e iluminação

    Os lustres e pendentes têm sua origem há muitos séculos. Uma das primeiras formas de se iluminar ambientes a partir de uma estrutura suspensa surgiu com o uso dos candelabros por volta do século XVII. Eles eram feitos com dois pedaços de madeira cruzada, com velas fixadas nas quatro extremidades do objeto. Antes ainda, por volta do século XIV, a peça consistia em um prato ou bacia de metal que servia de suporte para espetos que fixavam as velas; essas bacias coletavam os restos de cera e evitavam que eles caíssem sobre as pessoas.

    No final do século XVII, surgiram os lustres em cobre, que eram fabricados em “andares”, peças que evoluíram para objetos feitos em cristal, o que aumentava o brilho e difusão da luz. Entre os séculos XVIII e XIX, começaram a aparecer as luminárias com querosene, gás e, finalmente, à eletricidade.